Eu admito, sou completamente viciada em Sushi! Também confesso que da primeira vez que provei não gostei porque não provei no sítio certo e o truque para se começar a gostar de sushi passa muito por aí, o local. Já andava a chatear o Manel para irmos a um restaurante japonês há algum tempo, todos aqueles a que ia com ele tinham comida chinesa também, pelo que o sushi não era o main core do restaurante. 

Um dia lá decidiu ceder e de livre e espontânea vontade, ele sugeriu irmos a um restaurante só de sushi porque ele queria experimentar. "Se toda a gente, ou quase toda a gente gosta, porque é que não hei de gostar?" - foi mais ou menos com este pensamento que fomos e acabámos por escolher o Sushisan, um dos melhores spots para comerem sushi de fusão e com uma boa qualidade-preço.

Foi a pensar nisto mesmo e também devido a inúmeros emails e mensagens de leitoras que decidi fazer este post com muitas dicas de locais onde podem comer bom sushi, de qualidade e com preços relativamente acessíveis tendo em conta a qualidade. 


MissJappa-22.jpg


 


Foodies que são foodies não resistem a um bom almoço, especialmente se estivermos todas reunidas que torna a refeição muito mais divertida. Foi isso mesmo que aconteceu na semana passada quando o Miss Jappa, o novo restaurante de sushi do Principe Real nos convidou a mim, a Carolina Flores, a Mafalda Beirão, à Mafalda Nunes e à Ana Gomes para irmos experimentar os novos menus de almoço. Para quem não sabe, o Miss Jappa pertence ao grupo Go Natural e desta vez tem um espaço só dedicado a comida japonesa bem no coração de um dos bairros mais giros e peculiares de Lisboa. Aliás, quem lê e segue o blog com atenção, sabe que o Miss Jappa já não é novidade por aqui, já tinha falado sobre ele num post anterior.


 


Confesso que estava muito curiosa com alguns pratos, já tinha visitado o Miss Jappa logo no início e fiquei com pena de não experimentar alguns pratos que me tinham ficado debaixo de olho e que desta vez, tive oportunidade de testar e experimentar - acima de tudo coisas diferentes e que acabam por ser uma agradável surpresa. O espaço é muito giro e tem um mini pátio que é super agradavel nos dias de verão e mais quentes, no espaço interior podemos ver os sushi man a fazerem os combinados de sushi e a preparem os nossos pratos com imenso cuidado e que resultam em pratos deliciosos - em termos de sabor e para a vista também. 


  



miss.png


MissJappa-7.jpg


 002.png


MissJappa-11.jpg


MissJappa-12.jpg


 


 


MissJappa-30.jpg


MissJappa-28.jpg


MissJappa-34.jpg


 


MissJappa-25.jpg


MissJappa-24.jpg


MissJappa-23.jpg


 


MissJappa-16.jpg


MissJappa-14.jpg


 


O Miss Jappa lançou os seus menus de almoço que são uma boa opção para quem quer experimentar coisas novas e diferentes. Para além dos classicos combinados Sushi to Sashimi, podemos experimentar um menu bem diferente e que é um sucesso: o Bao com cachaço de porco e chips de batata doce. Os menus de almoço incluem entrada, prato principal e bebida e permitem precisamente provarmos coisas diferentes e acima de tudo mais rápida. Decidimos provar os diferentes menus, cada uma pediu o que mais gostava e depois acabamos por ir experimentando um pouco de tudo. Os vários menus são: O Menu Bao que tem como entrada misoshiru com cogumelos shitakê, prato principal 2 bao com cachaço de porco e chips de batata-doce - podemos dizer que é uma bifana em versão japonesa. Para além do Menu Boa, temos o Menu Ramen que inclui ramen de espinafres salteados, abóbora, shitakê em pó e ovo e duas opções de sushi, o Menu Sushi Miss Jappa com um combinado de12 peças de sushi ou o Menu Sushi to Sashimi que é composto por 20 peças de sushi e sashimi. Os menus incluem, além de entrada, as seguintes bebidas: água, chá quente ou frio, imperial ou um copo de vinho.


 


O menu escolhido por mim foi o Menu Sushi do Sashimi que traz peças variadas de sushi e com combinações deliciosas, aproveitei para provar as guiosas e o ceviche de mexilhão que era maravilhoso. Os menus têm preços que variam entre os 10€ e os 18€ e são servidos de terça a sexta-feira. O restaurante encerra habitualmente às segundas-feiras. Uma óptima opção para um almoço durante a semana, rápido e delicioso. 


 


 


 


 



Quem diria que uns anos mais tarde ia virar a louca do sushi, hein?

Já não é novidade nenhuma que sou uma fã de sushi, é mais forte do que eu e sou uma fanática incurável. O que é engraçado que é da primeira vez que experimentei, odiei. Não conseguia comer, aliás, só de pensar em peixe cru ficava mal disposta e a achar que era algo intragável. Quem diria que uns anos mais tarde ia virar a louca do sushihein? Como tudo na vida, não escolhi o sítio certo para experimentar pela primeira vez, e o mesmo aconteceu com o meu namorado que das primeiras vezes achava algo tudo menos comestível. 

Recordo-me da segunda vez que experimentei sushi, parecia que tinha descoberto algo completamente diferente e novo. O que é certo é que a qualidade do peixe é sem dúvida das coisas mais importantes, afinal de contas são peças cruas ou pouco cozinhadas e que requerem cuidados extra. Na semana passada fui experimentar o Sushi Arigatô Ribeira, que fica na Rua da Moeda, junto ao Mercado da Ribeira. 

Sou completamente viciada em sushi. Confesso que da primeira vez que provei, não gostei, mas também comi num sítio que não era o mais indicado para o provar. Sou um verdadeiro monstro do sushi, adoro quase, quase tudo, então os de salmão são os meus favoritos, ou os de fruta. Almoço ou jantar, é sempre uma comida que me apetece e para a qual estou pronta para comer. Sou só eu que sou viciada em Sushi ou há por aí mais sushi addicts? Eu posso apanhar a maior barrigada de sushi e pensar "não quero comer mais sushi nos próximos tempos.." e se for preciso ao jantar já estou com "fome de sushi" outra vez. Há mais alguém assim por esses lados? 


Falemos de coisas deliciosas e por delicioso quero obviamente falar em sushi. Ontem foi dia de experimentar um restaurante de sushi diferente, já há algum tempo que estava muito curiosa com o Sushima, no Chiado e aproveitámos a noite de sexta-feira para irmos experimentar o menu de degustação. Foi graças ao sushi de fusão que o Manel aprendeu a gostar de sushi e agora é o melhor companheiro para as sextas à noite, lá o consegui arrancar da faculdade e dos exames para ir descontrair um bocadinho e irmos experimentar um restaurante novo e diferente. 

Vocês já sabem o quanto eu gosto de sushi, desde o sushi tradicional ao sushi de fusão e por isso gosto sempre de experimentar novos lugares para comer sushi. Desta vez venho falar-vos do Arigatô SushiHouse no Parque das Nações. Fui experimentar o menu de degustação que têm ao jantar, que inclui uma sopa miso por pessoa, mais uma salada do chefe (absolutamente maravilhosa) e depois um combinado de sushi tradicional e sashimi. 

SUSHISAN-5.jpg


 


EXTRA, EXTRA: Abriu mais uma loja da cadeia Sushisan em Lisboa. Fica na Rua da Moeda, junto ao Mercado da Ribeira e é um dos locais perfeitos para comer Sushi em modo "all you can eat". Já sou habitué das outras lojas da cadeia sushisan (Rato, Parque das Nações, Beloura e Saldanha) e agora há mais um novo membro na família. Claro que como sushi addicts que somos, não resistimos e fomos experimentar e visitar o novo espaço.



 SUSHISAN.jpg


SUSHISAN-2.jpgSUSHISAN-3.jpg


SUSHISAN-4.jpg


 Foi numa segunda-feira à noite que eu e o Manel estávamos a tentar decidir a que sushi queríamos ir, quando nos deparámos com um novo sushi spot in town. Normalmente ou vamos ao Sushisan do Rato ou vamos ao Sushi Factory no Lx Factory quando queremos comer sushi em modo rodízio, outras vezes optamos pela Confraria que é de longe o nosso sushi favorito. Contudo decidimos experimentar este novo espaço do sushisan e mais uma vez não desilidiu. Pedimos o menu "all you can eat" que ao almoço custa 13.90€ e ao jantar custa 17.90€: inclui sopa, hot rolls e rodízio (podemos repetir as vezes que quisermos). 


 


No primeiro combinado não notámos muita variedade, eram quase todas as peças com salmão e o sashimi de peixe-manteiga e atum. Quando o empregado perguntou se queriamos repetir as peças, perguntei se não faziam outras diferentes que gostávamos de experimentar mais alguma variedade e repetimos algumas do primeiro que tanto gostámos, e assim foi. Fica a dica para um mega jantar entre amigos ou para quando aquela loucura de comer sushi nos ataca.


 


_


Sushisan Ribeira


Rua da Moeda, 1H Lisboa


 


 


 



 



Bem já não consigo esconder o meu vício por sushi, por comida japonesa e por tudo o que seja alimentação deste género. Já vos falei aqui várias vezes de vários sítios onde podem comer bom sushi. No entanto há coisas que devemos saber para quem quer experimentar ou para quem quer comer sushi de boa qualidade: a primeira é que temos de pagar bem para comer bem, temos vários lugares onde vamos comer provavelmente as melhores peças de sushi, tais como a Confraria e o Sushic. Aqui comem sem dúvida o melhor sushi, destaco o carpaccio da ConfrariaLX e o Sushi Fit do Sushic - das melhores coisinhas deste mundo.

... miss jappa! 
Pois é, quando achamos que não podem abrir mais restaurantes de sushi, enganamo-nos. E cada um promete ser sempre melhor do que o outro. O Príncipe Real tem agora mais um restaurante de sushi que anda debaixo de olho e já está na minha wishlist para experimentar no fim-de-semana: Miss Jappa, pela mão de uma chef em parceria com a Go Natural. Fica na Praça do Príncipe Real e tem um menu bem diferente dos típicos restaurantes japoneses, podemos encontrar uma ementa bem variada com sabores diferentes que junta o melhor da comida japonesa com outros sabores deliciosos e que vai muito para além do sushi. Abriu no final do mês de Fevereiro pela mão de Anna Lins, a primeira chef portuguesa a especializar-se em comida asiática. 



Sushi ou Vegetariano? Ambos, porque não? 
E tudo no mesmo lugar.

Abriu um novo cool place em S.Pedro, o restaurante chama-se A Agua da Cascata Vai Correndo na Ribeira e Acaba no Mar, ou mais conhecida como A Cascata de S.Pedro. Fica em S.Pedro do Estoril e pertence aos mesmos sócios do restaurante mais cool do Estoril, o Boteco da Linha onde podem encontrar petiscos e outras coisas deliciosas, um dos meus restaurantes favoritos e tão pertinho de mim. Já a ementa d'A Cascata de S.Pedro é completamente diferente, vai ser difícil escolher. 

Como assim um festival de sushi? É verdade, o primeiro Sushi Fest da europa está a chegar e vai ser em Oeiras, nos Jardins e Palácio Marquês de Pombal. Vai decorrer entre os dias 2, 3 e 4 de Julho e é muito mais do que um evento gastronómico ou um festival de música. O Sushi Fest vai reunir vários chega de sushi e alguns dos melhores nomes da música portuguesa ao vivo, o que vai resultar num programa bem divertido com um programa gastronómico e musical inovador e com uma área dedicada à cultura japonesa - o que é perfeito para quem é amante desta cultura ou quem se interessa por conhecer um pouco mais.













src
Quem é que é louca por sushi? Pois bem, eu confesso que cada vez sou mais viciada nesta especialidade japonesa e como um pouco de tudo. No entanto, a moda do sushi dá que pensar no que toca ás calorias porque afinal de contas, apesar de ser saudável, há alguns tipos de sushi muito calóricos - se pensarmos bem na composição e nos ingredientes que levam como o arroz, o açucar e o salmão por exemplo.

Encontrei esta comparação entre alguns tipos de sushi e comida calórica. Tudo o que é em excesso faz mal é certo, mas não me passava pela cabeça que certos tipos de sushi tivessem tantas ou mais calorias do que uma mousse de chocolate ou de que um cheeseburger! 

MissJappa-27 (1).jpg


 


Na minha última ida ao Miss Jappa tive oportunidade de experimentar algumas das especialidades do restaurante japonês do Príncipe Real. Confesso que adoro sushi, mas a verdade é que no Miss Jappa podemos ir muito para além do sushi e experimentarmos outras coisas diferentes. Normalmente quando vou a erstaurantes de sushi acabamos sempre por pedir o mesmo e desta vez pude experimentar alguns pratos que me deixaram super deliciada e surpreendida e por isso mesmo decidi reunir 5 coisas que têm mesmo de experimentar no Miss Jappa.


 



Começo por vos falar no meu favorito, que na verdade é um dois em um. O Quantos Queres do Miss Jappa é uma forma diferente e original de apresentar quatro snacks e aperitivos diferentes, sendo que os que mais gostei foram os amendoins doces e ... as ervilhas wasabi. Confesso que estava reticente com as ervilhas wasabi, precisamente por recear que fossem muito picantes, mas não são, são picantes q.b e são super crocantes o que me deixou surpreendida e faz com que seja mais viciante. 


 


MissJappa-31 (1).jpg


 


Okonomiaky, é o nome de uma entrada bem diferente e que combina sabores improváveis. São panquecas de couve na chapa feitas com camarão, regadas com maionese de tonkatsu e por cima polvilhada com lascas de atum seco. Confesso que é daquelas entradas que primeiro se estranha e depois se entranha. Inicialmente a gula falou mais alto e experimentei uma lasca de atum seco isolada e confesso que estranhei imenso a textura, mas depois quando provei tudo junto, com a panqueca de couve, adorei a combinação de texturas e sabores. Yummy!


 


MissJappa-25 (1).jpg


 


Obviamente que não podia deixar de vos falar do combinado de 20 peças de sushi do Miss Jappa, Sushi do Sashimi. Gostei imenso precisamente pelo facto de serem peças diferentes, variadas e com bastante peixe, deixando as grandes quantidades de arroz de lado. Os favoritos? Os rolos de salmão com pepino, yummy!


 


MissJappa-12 (1).jpg


 


Mais uma entrada deliciosa e esta sim, era a que eu queria MESMO experimentar: ceviche de mexilhão. Confesso que era a entrada que tinha debaixo de olho e que estava ansiosa, precisamente por andar numa onda de ceviche e adorar mexilhão e a combinação do Miss Jappa, já tinha ouvido dizer que era óptima. E sim, confirma-se! É delicioso!


 


MissJappa-28 (1).jpg


 


Cones de tenpura é a última sugestão, mas não é por isso que deixa de ser e menos deliciosa. Já somos fãs de tempura por aqui e no Miss Jappa as sugestões são duas: choco com amêndoa ou pataniscas de vegetais. As favoritas? As diferentes, óbvio: choco com amêndoa. Para experimentarem e ficarem viciados. Quase que podemos dizer que podemos fazer refições só de entradas deliciosas no Miss Jappa e valem a pena, especialmente se gostam de sabores diferentes.


 


 


 



 


 


 



Esta semana o Manel fez anos e quisemos marcar esta data de uma forma especial, fomos para a Quinta do Tagus Village passar a noite de anos dele e aproveitar para experimentar o melhor sushi fora do Japão. Já há imenso tempo que ele me falava na Quinta do Tagus Village e que adorava lá ir, até ponderámos ir lá na altura do Dia dos Namorados, mas já tínhamos marcado a nossa escapadela romântica para a neve e deixámos que o bom tempo viesse para aproveitarmos tudo o que esta Quinta tem de bom.














Situa-se num espaço único na margem esquerda do rio Tejo e a cerca de 5 minutos das praias da costa. É uma quinta que pertenceu a um dos maiores ceramistas portugueses do séc. XIX. Actualmente a quinta é composta por uma casa principal onde fica a recepção, um salão comum de estar, o restaurante de sushi e o local do pequeno-almoço. Para além disto, a quinta dispõe de várias suites super cómodas e luxuosas, muito bem decoradas, a nossa foi a suite Oceano. Há sempre imensas actividades para fazermos, podemos optar por relaxar na piscina ou passear pela quinta, cheia de vegetação, ver os cavalos e apreciar a vista de cortar a respiração sob Lisboa. 

Chegámos depois de almoço e fomos super bem recebidos, são todos muito atenciosos e simpáticos. Mostraram-nos logo a quinta, o quarto e todas as actividades que podíamos fazer. Acabámos por relaxar na piscina e aproveitar a tarde de calor que se fez sentir, o Manel bem precisava de relaxar depois de uma semana intensiva de exames e trabalhos finais e eu também, depois de uma semana mega preenchida e umas noites mal dormidas, foi o sítio perfeito para aproveitarmos a companhia um do outro e apreciarmos a nossa própria cidade de outro ponto de vista. Levei a minha Bag a Weekend, perfeita para estes dias na Quinta, super espaçosa e que vem com uma bolsa para maquilhagem e cosméticos, um saco para os sapatos e é muito prática como saco de fim-de-semana.
















A piscina tem uma zona super funda onde podemos saltar da prancha ou simplesmente aproveitar para nadar um bocado, depois podemos aproveitar as camas e espreguiçadeiras espalhadas à volta para vermos o pôr-do-sol. Para o jantar, aventuramo-nos e fomos provar o melhor sushi fora do Japão, que de facto é maravilhoso. Pedimos um hot roll de 8 peças, uma especialidade da casa deliciosa, um combinado sem arroz de 10 peças e um combinado sem sushimi que mistura sushi de fusão com sushi tradicional de 36 peças. A vista é de facto de cortar a respiração e ainda por cima optámos por jantar mesmo à hora do pôr-do-sol para compor um cenário ainda mais romântico para o jantar de aniversário do Manel. 





No dia seguinte fomos presenteados com um pequeno-almoço continental com tudo o que possam imaginar, desde crepes deliciosos, a queijos, fiambre, um prato enorme de fruta, um cesto de pão com imensa variedade, iogurtes, sumos... Enfim! De tudo um pouco. Aproveitámos ainda a piscina antes do check-out e aproveitámos que acordámos cedo para passear pela Quinta, fomos ver os cavalos e brincámos com dois Jack Russell amorosos que pertencem à quinta e pelos quais ficámos apaixonados. 

Podem ainda optar pela opção de irem até à quinta de helicóptero com a partida desde Belém, ou irem apenas de carro até ao local. É um sonho e um destino perfeito para sair da rotina, mesmo perto de casa, sabe bem de vez em quando. Foi um aniversário muito especial. Deixo-vos com algumas fotografias destes dias de sonho, a dois. 
Blogger Template Created by pipdig