Acho que todas nós já fizemos as nossas resoluções de estilo e o que gostávamos finalmente de seguir ou por em prática. Seleccionei 5 "resoluções" de estilo que vamos querer seguir 



_

"começar uma nova temporada sem um

closet declutter não é começar com o pé direito"

_


closet declutter

Sejamos sinceras, há quanto tempo andamos a adiar aquela limpeza profunda ao armário? Sabemos que temos calças que não nos servem, peças que comprámos demasiado oversized na esperança de um dia as usarmos, ou peças que precisam de arranjo e estão simplesmente no fundo do armário a ganhar pó. Começar uma nova temporada sem um closet declutter não é começar com o pé direito. Tirar tudo do armário, deixar apenas as nossas peças favoritas e os essenciais de um capsule wardrobe e dar-nos ao luxo de criar e dar asas à nossa imaginação. Um closet mais limpo, menos cheio e mais arrumado deixa-nos logo mais inspiradas e dá-nos a visibilidade de todas as peças que temos no armário. Eu falo por mim, antes das férias comecei o meu massive closet declutter e coloquei algumas peças à venda aqui. 


002.png

não comprar algo para uma ocasião apenas

Quantas e quantas vezes é que isto já vos aconteceu? Mão no ar para quem se sente "culpada"! Já me aconteceu, mais do que uma vez e acaba por ser muito normal. Comprar um vestido para um casamento, para o aniversário, para uma data especial, uma passagem de ano e que acabamos depois por não voltar a usar. A partir de agora a resolução será reinventar novas formas de usar essas peças - caso continuem no armário - ou pensar duas vezes em várias formas de usar uma peça antes de a comprar para uma ocasião apenas. 


não desprezar acessórios 

Sejam statement ou dos mais simples, fazem toda a diferença num look e para quem se "esquece" de adoçar um look com eles, experimentem começar a "exigir" isso de vocês mesmas. São a última coisa a compor um look, mas fazem toda a diferença - um conjunto de pulseiras, anéis, brincos statement ou pendentes. São um must!



004.png



assumir finalmente que menos é mais

E aqui não se fala em trocar looks demasiado extravagantes por looks básicos, mas sim trocar a quantidade de roupa que temos, por qualidade. Já falámos várias vezes da importância de saber escolher boas peças. O closet declutter é um óptimo exercício para percebermos a quantidade de peças que comprámos de "fast fashion" e que já foram tendência, que se estragaram ou que já não usamos. Se pensarmos no que podemos poupar nestas mesmas peças e reflectir antes de comprar, percebemos que se calhar conseguimos optar por outro tipo de peças mais caras, de melhor qualidade nessas mesmas lojas ou em lojas com qualidade superior. A ideia é menos peças mas que duram mais tempo e que sabemos que vamos usar muito mais vezes. 



ir para além dos tons neutros 

Bem, aqui é uma "note to myself" os meus looks nunca fogem muito dos tons brancos, salmão, pretos, beges, camel. A ideia será dar-lhes um toque mais colorido seja em make up, seja em acessórios ou até mesmo começar a usar alguns padrões para além do padrão leopardo (obviamente!). Amarelo pastel, lilás, vermelhos... Arriscamos?
Confessemos: todas temos aqueles dias em que não nos apetece vestir nada de especial, em que a preguiça toma conta de nós e estamos em modo "piloto automático". Acabamos sempre por vestir os ready to go looks e está feito. No entanto, estes ready to go looks podem ter sempre um twist e um apontamento que faz a diferença e que faz logo com que seja um outfit bem especial - afinal, são os detalhes que contam, certo? 



little bows 
Provavelmente um dos truques de styling mais usados por mim, os laços são sem dúvida um dos acessórios mais versáteis e que dão um toque super querido e romântico em qualquer look. Em rabos de cavalo, à volta do pescoço, em golas, mangas ou até mesmo através de lenços. Num look simples como umas calças de ganga e um blazer, o rabo de cavalo pode ser "mascarado" por este acessório que lhe dá logo um up bem diferente. 




belt it up
O meu ready to go look é, geralmente, umas skinny jeans com uma t-shirt e um blazer e nos dias em que quero dar um up neste "look standard" nada como um cinto à volta da cintura para fechar o blazer - o meu Gucci belt foi um excelente investimento pois acaba por ser A peça de um look mais simples.  




go bold or go home!
Em make up, em acessórios, em statement pieces! Nos dias da preguiça nada como uma peça mais statement para marcar a diferença - uns lábios bem bold num tom vivo como um rosa fúcsia ou um vermelho, ou optar por uns brincos XXL que vão voltar a ser a next big thing!


Quantas e quantas vezes nos questionámos sobre o que devíamos ou não vestir, tivemos dúvidas se aquele corte nos fica ou não bem e quais são as cores que nos favorecem? 

Os homens passam a vida a dizer que estamos lindas e maravilhosas, mas na verdade todas nós gostávamos de ter uma stylist que nos dissesse o que devemos e não devemos vestir, que nos desse sugestões e que nos guiasse, tal como uma Rita Pereira ou uma Cláudia Vieira, certo? 

Já tenho recebido inúmeros e-mails e mensagens sobre quais os melhores profissionais neste campo e onde ir e marcar uma consulta de styling que seja acessível e que nos perceba e não nos imponha nada do que não gostemos de usar ou nada com o qual não nos sintamos bem. Por exemplo, eu não sou uma mulher de andar de saltos altos, pelo que se me "impusessem" saltos altos todos os dias, sabia que não ia resultar com o meu dia-a-dia. A Ana Paixão é uma das profissionais que vos pode ajuda neste campo, dizer-vos o que devem ou não vestir, que tons vos favorecem, ajudar-vos com conjugações e dicas úteis para o dia-a-dia. Já sigo o trabalho dela há algum tempo e gosto bastante, é produtora e consultora de moda e de beleza pelo que sabe perfeitamente do que fala e pode dar-vos as dicas certas.

Por exemplo, muitas de nós acabamos agora a faculdade, ou muito em breve e queremos saber o que devemos vestir para as entrevistas de emprego e para o trabalho no dia-a-dia, o que resulta e para que tipo de empresas. Não nascemos ensinadas e claro que são tudo coisas que são fundamentais, mesmo para a construção da mulher que somos. No meu caso, tenho 24 anos e tenho muito que aprender, estou sempre à pesquisar e a querer saber mais e não tomo como ponto de partida que já sei tudo. Não. Estamos em constante aprendizagem e se é para melhor, melhor ainda não é?

Nós mulheres, gostamos de estar sempre a aprender a atentas a tudo o que se passa e todas nós somos um pouco vaidosas e gostamos de nos sentirmos bonitas e confiantes. A Ana dá-vos uma ajuda e pode ser aquela peça do puzzle que vos falta para completar ou dar um boost extra na vossa auto-estima. 



Podem saber mais sobre a Ana e o seu trabalho aqui.
__

Ana Paixão Gomes
stylebyanapaixao@gmail.com
www.stylebyanapaixao.com

Youtube
Facebook
Instagram
__
ph. LoveLaceLuxe
Blogger Template Created by pipdig