Ao longo destes dias em Paris surgiram algumas perguntas e algumas dúvidas sobre o tempo de viagem, o que vale a pena ver, de da para visitar a Disney e quanto tempo vale a pena ficar.

 

 

Photo 25-08-17, 14 38 23.jpg



 

Pois bem, o post de hoje será um pouco extenso, contudo, partilho convosco o nosso roteiro destes 5 dias em Paris. Em breve partilho o VLOG da viagem. 

 

 

 


dia 1 # louvre, tuileries, angeline, rue de rivoli e palais royal  

 

Aterramos em Paris por volta das 12h30, pelo que acaba por contar apenas como meio dia. Demoramos cerca de 1h de RER desde o aeroporto até ao centro da cidade (mais detalhes aqui) e por isso optamos por visitar algumas coisas que queríamos ver perto do nosso alojamento. Começamos pelo Palais Royal, o conhecido lugar das colunas às riscas pretas e brancas onde está sempre cheio de gente a tirar fotografias. Com um jardim super agradável e perfeito para descansar ou para explorar as galerias em volta do mesmo. Depois partimos para o Louvre, onde estava a decorrer uma exposição com os vestidos de alta costura de Christian Dior que vale bem a pena espreitar - para quem gosta do mundo da moda e de alta costura é sem dúvida imperdível! De seguida, uma paragem na Angelina para o lanche - já não é a primeira vez que menciono o chocolate quente desta pastelaria maravilhosa por aqui, certamente não será a última porque será difícil haver chocolate quente melhor que aquele! Fica na Rue de Rivoli junto às Tuileries. Depois disso, um passeio pelo jardim das Tuileries, atravessar a movimentada Place de La Concorde e subir até aos Champs Elysees. A caminho conseguimos facilmente identificar um Grand e o Petit Palais que ficam mesmo no início dos Champs Elysees. Para quem acompanha as semanas da moda de perto vai identificar este local na hora, sim é aqui que Karl Lagerfeld apresenta sempre as suas colecções para a maison CHANEL.

 

 


PARIS.png


 



 

dia 2 # saint germain de prés, jardin de luxembourg e les marais

 

Um dia menos turístico que os outros, contudo são as minhas duas zonas favoritas na cidade. Saint Germain de Près é absolutamente encantadora, por aqui a paragem obrigatória é no Café de Flore para um café e um croissant e de seguida explorar está zona cheia de lojas locais e outras bem conhecidas de todas nós. Encontramos também algumas lojas vintage que valem a pena explorar e com alguma paciência conseguimos bons achados! Não deixar também de passar no mercado de Saint Germain! Nesta zona também fica a famosa CityPharma, a parafarmacia mais conhecida de todas as francesas, onde encontramos algumas das nossas marcas de cuidados de rosto como La Roche Posay, Bioderma entre outras muito mais baratas. Um verdadeiro paraíso para as beauty junkies. De seguida, um picnic no Jardin du Luxembourg para recarregar baterias e arrancar para outra das zonas favoritas da cidade, o Marais. 

 

Como fizemos tudo sempre a pé traçamos um roteiro para que passássemos pela Norte Dame, não queríamos deixar de visitar   esta igreja maravilhosa - quando era pequenina dizia sempre a minha mãe que adorava casar-me aqui por causa do filme do Corcunda de Norte Dame (eu e a Disney, a Disney e eu!). No Marais é aproveitar para nos perdermos nas ruas e ruelas típicas da cidade, nos cafés típicos, nas boulangeries, nas lojas vintage e nos imensos cantinhos maravilhosos que valem a pena fotografar. Para as fãs de stationery, paragem obrigatória no BHV que fica em frente ao Hotel de Ville! E para quem quer levar uma lembrança para os nossos patudos, um pouco mais à frente encontramos o BHV dedicado a animais de estimação apenas - Sammy e Chloé foram mimados com presentes! Ao fim do dia, subida ao rooftop Le Perchoir du Marais para descansar! 

 

 


Untitled-1.png


 



 

dia 3 # montmartre, champs de mars e trocadero

 

A manhã do terceiro dia em Paris foi passado em Montmartre, uma zona encantadora de Paris conhecida por estarem sempre uma série de pintores e artistas por todo o lado! Vale a pena a visita desta zona de Paris. Subir a escadaria da Sacre Coeur, um passeio pela praça central de Montmartre onde os pintores estão concentrados e claro não deixar de passar na La Maison Rose para uma fotografia bem girly! Ao descer para uma das avenidas principais, encontramos o tão conhecido Moulin Rouge.

 

Depois de uma manhã a explorar esta zona linda de Paris apanhamos o metro para o centro da cidade, para o Grand Palais e atravessamos a ponte Alexandre III, uma das pontes mais bonitas da cidade. Caminhamos até ao Champs de Mars onde fizemos um picnic com vista para a Torre Eiffel. De seguida, atravessamos o Sena e seguimos para o Trocadero para umas fotografias da Torre. 

 


AAAA.png


 



 

dia 4 # disneyland

 

O dia mais esperado por todos nós! A ideia de voltar a Paris nesta altura era precisamente para passar o meu aniversário na Disneyland! Acho que todas nós temos aquele bichinho e encanto pela Disney, os anos 90 não deixam ninguém indiferentes aos grandes clássicos, às princesas e as personagens mais queridas de sempre da história dos filmes de animação. 

 

Qual foi o plano neste dia? Compramos um bilhete com acesso aos dois parques - Magic Kingdom e DisneyStudios. Através dele conseguimos entrar e sair às vezes que quisermos nesse dia. Para conseguirmos andar em tudo o que queríamos, a estratégia foi chegar cedo, logo na abertura do parque e sair só no fim das portas fecharem. 

 

Chegamos logo as 10h da manhã e só saímos às 00h passamos a parte da manhã no Magic Kingdom e depois de almoço fomos para o DisneyStudios porque fecha mais cedo do que o Magic Kingdom. Ao fim do dia voltamos para o Magic Kingdom para andarmos no que nos faltava e repetir algumas coisas - Hyperspace Mountain e Big Thunder Mountain (yeahhh!). Ainda esta semana partilho convosco um post mais detalhado sobre a Disney, com tudo o que tem de saber e algumas dicas. 

 

Ficamos mesmo até ao fecho do parque para vermos o espectáculo incrível de fogo de artifício e de projecção no castelo.

 

 


AB9C85A2-ED8E-4B61-B049-9C145BD0987B.jpg


 


PARIS01.png



 

dia 5 # arco do triunfo, opera garnier e galerias lafayette  

 

Para o último dia em Paris, o plano começou com um pequeno almoço na Ladurée dos Champs Elysées - os deliciosos macarons não podiam faltar nesta viagem, right? Depois uma subida ao Arco do Triunfo onde temos uma vista de 360º pela cidade e depois seguiu-se uma visita pela Opera Garnier e umas últimas compras na Lafayette antes de voltar para o aeroporto. 

 

Paris e uma cidade enorme e cheia de coisas para ver, aconselho ainda a incluirem alguns pontos de paragem na vossa checklist de viagem, tais como a Colette, Le Bon Marchais, Pierre Hermès para croissants e macarons maravilhosos (tem de ir bem cedo!) e claro o Palácio e os Jardins de Versailles. 


 

angelina-6.jpg


 


Toda a gente sabe que sou louca por Paris, aiás, o meu amor pela cidade percebe-se facilmente quando falo ou escrevo sobre ela. Depois destes últimos dias por lá (e o facto de continuar a falar deles over and over again) reuni 10 coisas imperdíveis sobre a cidade e que não podem perder. Uma espécie de checklist para se guiarem durante a vossa estadia na capital francesa. 


 


 



# Chocolate Quente da Angélina


Cremoso, denso e perfeito para aquecer nos dias mais frios. Uma paragem obrigatória sempre que vou a Paris, não só pelo chocolate em si, que para mim é de longe o melhor de todos, mas também porque a loja da Angélina na Rue de Rivoli é provavelmente ads coisas mais deliciosas e que vale bem a pena visitar!.


 


# Pôr do Sol no Trocadero 


Um dos locais perfeitos para conseguirem a perfect shot com a Torrei Eiffel por trás, aliás, é um local muito concorrido e que vale a pena visitarem. Se forem ao fim do dia, com o pôr-do-sol o cenário torna-se ainda mais mágico. Para acrescentarem à vossa check list!


 


# Roda Gigante da Concorde


Descer os Champs Elysées, passar pelo Grand Palais e acabar na Concorde é sem dúvida um bom plano. Seja apenas para apreciar a arquitectura da cidade, ou seja para uma voltina na roda gigante que está no fim dos Champs Elysées. Além do mais conseguimos fotografias bem giras da cidade!


# Lanche na Ladurée


Ir a Paris e não parar na Ladurée dos Champs Elysées não é uma opção. Sou viciada em macarons, o de côco da Ladurée é o meu favorito  e a loja dos Champs Elysées é uma das minhas favoritas da marca. Em Portugal ainda não temos a sorte de ter nenhuma, por isso as viagens ao estrangeiro englobam sempre uma quick stop na Ladurée! E aqui encontram de tudo, o mais dificil vai ser mesmo escolher. Duvidam? Espreitem aqui


 


# Noite na Torre Eiffel 


Eu sei, eu seeeei que pode ser um cliché mas a verdade é que apreciar o final do dia da capital francesa no topo da Torre Eiffel é das coisas mais bonitas. Tal como sugeri subirem ao Empire State Building em Nova Iorque ao fim do dia, sugiro que o façam em Paris também. Desta maneira conseguem ter uma ideia da cidade tanto de dia como de noite. Além disso têm uma visão de 360º da cidade.


 


# Terraço Lafayette ou Printemps


Para os amantes de rooftops e de bons spots para fotografias, tanto o terraço das galerias Lafayette (fotografia do post), como do Printemps são dois locais perfeitos para se apreciar a cidade. Fim do dia, de manhã, à hora de almoço! Dois lugares agradáveis para beber um café, conversar ou para quem está em erasmus um bom spot para estudar, calmo e que dá para respirar!


 


# Passeio nas Tuileries


Sem segredos, é um dos meus jardins favoritos da cidade e o local perfeito para se passear, correr, ler um livro, namorar, tirar fotografias... enfim há tanta coisa para fazer aqui! 


 


# Shopping Marais


Para os amantes de lojas vintage, de lojas locais e bairros típicos franceses, o Marais é o local perfeito. Um dos bairros favoritos da cidade e onde podem encontrar lojas diferentes, padarias biológicas, patisseries tradicionais, cafés típicos parisienses, enfim... Só explorando mesmo! 


 


# Croissants artesanais


Ohh os típicos croissants au beurre! Em Paris não há como resistir, tanto a eles como aos crépes e petit gateaux! Em qualquer patisserie e boulangerie encontram croissants deliciosos! Para provar e levarem para casa! Yummmm!


 


# Passeio pelo Sena


Um plano bem romântico e que vale a pena fazer, um passeio nos Bateaux Mouches é uma das coisas imperdíveis da cidade que devem acrescentar à vossa check list de viagem!



 

 


paris.png


 


 


"to know Paris is to know a great deal"

Henry Miller

 


O tão aguardado roteiro sobre Paris, cá está ele! Vocês sabem que eu adoro fazer estes mini roteiros em todos os locais que vou com dicas do que ver e do que fazer e Paris é uma daquelas cidades que vou querer sempre voltar, over and over again. Ainda agora cheguei e já quero voltar para lá especialmente nesta altura do ano em que as luzes de natal começam a decorar as ruas e começamos a sentir um clima diferente na cidade. 


 



 002.png


 


# QUANDO IR?


Paris é aquela cidade que dá para ir em qualquer altura do ano. Eu sei que sou suspeita, mas é mesmo verdade. A cidade é muito diferente ao longo do ano, sendo que as alturas especiais para ir são na primavera e no inverno com as luzes de natal, as feiras, as decorações todas nas lojas e o frio bom que aqui se faz sentir. Se nunca foram a Paris, toca a pensar nisso esta é uma das minhas alturas favoritas para visitar a cidade. A primavera é perfeita para quem quer fugir do frio e para apanhar os jardins cheios de flores e as árvores mais compostas. 


 


blackswan-17.jpg


004.png


 


# COMO IR? 


Já fiz Lisboa-Paris de carro há uns anos e faz-se bem, mas a maneira mais cómoda é sem dúvida de avião. Em Paris têm vários aeroportos, o de Orly, Bauvais, o de Charles de Gaulle e os voos mais baratos normalmente encontram no edreams que é onde costumo marcar sempre as viagens de avião. O edreams faz uma pesquisa de todos os voos e filtra pelos mais baratos aos mais caros. A TAP agora também já tem voos low cost para a Europa por isso pode ser uma boa altura para marcarem a vossa viagem à capital francesa de que tanto gosto. 


 


laduree-10.jpg


 


# ONDE FICAR?


Um dos meus bairros favoritos é o Marais, sem dúvida alguma, um bairro super calmo de noite e onde podemos encontrar tudo. Temos tudo à mão! Das últimas três vezes que fui a Paris fiquei sempre em locais diferentes e sem dúvida que o Marais foi o bairro onde mais gostei de estar, da primeira vez fiquei perto do Arco do Triunfo, na segunda fiquei perto da Bastilha e desta vez fiquei no Marais num apartamento da HomeAway, um portal de alojamento para casas de férias que podem ver aqui. Os apartamentos são sempre uma boa opção, especialmente para quem costuma fazer as refeições em casa (pequeno-almoço e jantar) e no Marais temos a vantagem de ter sempre tudo a porta: mercados, padarias, pastelarias, cafés, restaurantes com comida takeaway entre outras. Além do mais podem escolher os apartamentos consoante o número de pessoas com quem vão viajar, se viajerem em família ou com amigos acaba por ser mais cómodo e mais em conta ficar num apartamento do que num hotel. 


 


paris.png


 


# TRANSPORTES


A cidade de Paris é uma cidade enorme com uma excelente rede de transportes que vos leva facilmente de uma ponta a outra - até RER têm directo para fora do centro que vos leva a Disneyland ou a Versailles por exemplo. Andámos sempre de metro, podem comprar bilhetes de 10 viagens, bilhetes diários ou o passe navigo que carregam consoante o número de dias que vão ficar na cidade. O bilhete de metro simples custa 1.90€, os bilhetes de 10 viagens têm um custo de 14.90€ (fica a 1.45€ cada bilhete) por exemplo. Há uma série de opções, consoante o número de dias e zonas que querem visitar, podem obter todas informações aqui.


 


grand4.png


# METEOROLOGIA


Paris no verão é muito quente, mas nesta altura do ano já estão aquelas temperaturas perfeitas para visitarmos e andarmos pela cidade. De manhã e à noite faz muito frio, mas durante o dia o sol acaba por saber super bem e dá para andar sem grandes camadas de roupa. No inverno faz mesmo muito frio pelo que é a altura ideal para estrear aqueles casacões maravilhosos! A primavera acaba por ser uma altura perfeita para visitar a cidade especialmente para quem não é fã de frio. 


 


angelina.png


 005.png


# COMPRAS


 Nada como uma boa ida às compras depois de umas visitas culturais e a explorar a cidade. O Marais é sem dúvida um dos bairros com mais pinta da cidade e onde encontram lojas diferentes, lojas vintage e lojas locais com muitas coisas giras. No entanto as ruas mais populares para compras são a Rue Faubourg Saint-Honoré, onde estão as lojas de luxo e os Champs Elysées. Paris tem ainda quatro grandes armazéns muito conhecidos e perfeitos para compras, as galerias Lafayette perto da Opera de Paris, o Printemps, Colette e ainda o BHV que é um dos meus favoritos. Na rue de Rivoli encontram ainda algumas lojas de fast fashion como a H&M, Forever XVI entre outras. 


angelina-4.jpg


 


# LOCAIS FAVORITOS


Uma pesquisa rápida dá para perceber facilmente quais é que são os meus spots favoritos em Paris, mas poupo-vos o trabalho e dou-vos já algumas dicas. Champs de Mars, Ladurée, Angelina, Tuileries, Marais! Ahaha! Perfecto!


 


angelina-3.jpg


 


# O QUE VER? 


Bem, Paris tem muita coisa para ver, mesmo! É uma cidade repleta de arte, de cultura e de sítios giros para visitar. Eu confesso que já conheço tão bem a cidade que acabo por voltar sempre aos sítos de que mais gosto mas se é a vossa primeira vez na cidade, deixo-vos com um mini-roteiro para organizarem os vossos 3 dias em Paris. 


 [slideshow]http://c7.quickcachr.fotos.sapo.pt/i/Gfc12d66c/19971798_9tt3Z.png,http://c7.quickcachr.fotos.sapo.pt/i/G5412d44a/19971797_PzWBG.png[/slideshow]


 


Podem ainda espreitar mais fotografias do resto da viagem e de outras vezes que visitei a cidade aqui ou no instagram @jufcarreira. 


 


 



 


 

002.png


"let them eat cake!"


 


Apesar de termos espaços lindos de morrer por cá, com pastelaria óptima e deliciosa, a Ladurée é uma das pastelarias que mais gostava de ter por cá. Adoro os macarons deles, o de côco é o meu favorito e as caixas deliciosas para oferecer são perfeitas e fazem um kit lindo! Para além dos deliciosos e famosos macarons aqui encontramos um pouco de tudo, desde pain au chocolat, croissants, éclairs, e outros petit gateaux que são uma verdadeira perdição. Tudo em formato mini e que apetece provar tudo! E claro que uma visita a Paris a paragem na Ladurée é absolutamente obrigatória, aliás... sempre que viajo procuro uma Ladurée, já em Saint Tropez e em Cannes tinha ido deliciar-me com o macaron de côco e desta vez, não foi excepção. 


 


 



laduree-10.jpg


 


001.png


laduree-5.jpg


 


 


laduree.jpg


003.png


laduree-4.jpg


 Deixo-vos com algumas fotografias do nosso almoço/lanche na Ladurée em pleno Champs Elysées. É uma loja que vale a pena visitar, tanto o espaço de casa de chá como a esplanada e zona de take away. As caixas e coffrets que eles têm são lindas de morrer e é dificil resistir. Acabo sempre por trazer uma caixinha com macarons e depois fico com a caixa para guardar colares, pulseiras, anéis, ganchos... enfim! Damos sempre uso a estas caixinhas, right? 



 


Quem me acompanha nas redes sociais viu que estive em Paris a convite da C&A para conhecer as novidades da marca para a próxima temporada. Foi um encontro a nível internacional que contou com cerca de 19 países diferentes, 19, dos 21 onde a marca está presente. Foi sem dúvida uma experiência muito boa pois conhecemos os responsáveis da marca a nível global, desde os designers da marca, aos responsáveis pelas compras de tecidos, comunicação e relações públicas entre muitos outros. 

Há cidades e cidades. Há cidades que vemos uma ou duas vezes no máximo durante toda a nossa vida, que vamos, conhecemos e aproveitamos ao máximo. E depois há cidades que não nos cansamos de ver, de passar nos mesmos sítios vezes e vezes sem conta, porque há aquelas cidades que marcam o nosso coração e que nos inspiram. Tudo aqui me inspira, Paris. As ruas, as comidas, as pessoas, as cores... É a minha cidade sem hesitar, porque de certa forma França faz parte de mim e é uma grande parte de mim. Paris, como é bom acordar aqui!


__
ph pinterest




Há uma tradição muito gira em Paris para os namorados ou casais apaixonados. Ao pé do Louvre há uma ponte chamada a Pont des Arts que está coberta de cadeados como podem ver pelas fotografias. Aqui vêm uma série de casais apaixonados, de namorados que deixam um cadeado. A tradição é a seguinte: depois de conseguirem arranjar um espaço para colocarem o vosso cadeado, o casal tem de pegar no cadeado e juntos fecharem-no. Pedem um desejo os dois e depois de costas para o rio atiram as chaves do cadeado para o Rio Sena.

Nós deixámos lá o nosso desejo bem fechadinho no cadeado e as nossas chaves estão nas profundezas do Rio Sena. Se forem a Paris com a vossa cara metade, não se esqueçam de passar por aqui e deixar o vosso cadeado.





O musée d'Orsay é mais uma paragem obrigatória. Actualmente é um museu e guarda obras de grandes artistas, um deles Van Gogh. Antigamente este museu era uma estação ferroviária, é sem dúvida um dos edificios mais bonitos que já vi, cheio de detalhes e com um relógio enorme. Paris está repleto de coisas fabulosas, são os pequenos detalhes que fazem a diferença e Paris é cheia de detalhes!

Mais uma vez, a entrada é gratis para os menores de 26 anos e residentes na União Europeia. Aproveitem e não deixem de visitar este belíssimo museu, o edificio por si só é uma verdadeira obra de arte.








Para quem é um fã incondicional de arte moderna, o Centre Pompidou é uma paragem obrigatória. A zona do Les Halles em Paris é uma zona mais alternativa, muito descontraída e com muitos artistas nas ruas e nas praças que há em redor desta zona. 

Tudo sempre com muito boa onda, muito pacífico, muita arte, muitos jovens. É uma zona mais descontraída e que não pode mesmo deixar de visitar, bem como uma das minhas fontes favoritas de todos os tempos que se encontra ao lado de Pompidou.






Hoje deixo-vos com mais umas fotografias de Paris. Desta vez as fotografias da nossa manhã na Torre Eiffel, fomos logo por volta das 10h para evitar grandes filas e de facto não apanhámos muitas pessoas, o facto de termos ido durante a semana também ajudou um pouco mais. 

A entrada custa cerca de 13€ se quiserem subir de elevador até ao último andar, a experiência é única. É uma sensação absolutamente fabulosa, subirmos a mais de 300m de altitude e vermos toda a cidade do topo da torre. Foi mágico!


Blogger Template Created by pipdig