O último dia em Munique foi aproveitado para passearmos no Englischergarten, um jardim enorme no centro da cidade de Munique e para onde vão os alemães andar de bicicleta, apanhar banhos de sol e até mesmo surfar, é verdade, o jardim tem um rio com ondas para onde os alemães aproveitam para surfar e outros para tomar banho. Uma paragem obrigatória e muito divertida. Depois de passearmos neste jardim imenso, aproveitámos ainda para fazer algumas compras na zona central da cidade e ainda para passearmos pelo Hofgarten. Depois, fomos directos ao aeroporto para voltarmos para Lisboa. 


Mais uma vez, as fotografias do terceiro dia em Munique via instagram. Estas fotografias foram tiradas no dia em que fizémos a excursão pelos palácios e castelos e pelos alpes Bávaros. Foi um dia muito giro e diferente dos primeiros, até porque era fora da cidade e tivemos oportunidade de conhecer um pouco mais dos arredores, nomeadamente dos Alpes que têm paisagens de cortar a respiração. Um dia muito bem passado e bem divertido. 

instagram: jufcarreira

A saga sobre Munique e sobre a cidade continua, ontem mostrei-vos as primeiras fotografias do primeiro dia publicadas no instagram, hoje mostro-vos as do segundo dia. Neste dia visitámos a BMW, a fábrica, o museu e a loja, o Hofgarten, a Residenz, o arco do triunfo entre muitas outras coisas. Deixo-vos com mais algumas fotografias da cidade alemã. Para quem quiser ver mais fotografias, não se esqueça de adicionar-me. 
instagram: jufcarreira
Claro que como não podia deixar de ser, a viagem também ficou registada no instagram e por isso mesmo mostro-vos uma espécie de best of daquela que foi uma das viagens mais divertidas. Conhecer novos países e novas cidades deixa-me sempre entusiasmada e Munique foi sem dúvida uma cidade que adorei conhecer, desde os locais, às pessoas, à gastronomia e conhecer a história da cidade e conhecer um pouco mais sobre os locais onde passei, explorar coisas novas e ver sítios diferentes. 

Para quem ainda não é seguidor do meu instagram, toca a adicionar @jufcarreira para assistirem a todas estas fotografias e ainda a muitas mais, não só de Munique mas também do meu dia-a-dia. 


Englischergarten 

O último dia em Munique foi um dia mais calmo, acordámos um pouco mais tarde e aproveitamos para arrumar tudo e deixar tudo pronto até à hora check out. Deixámos as malas guardadas no hotel e fomos até à Karlsplatz onde apanhámos o eléctrico até ao Englischergarten, o maior jardim publico da cidade.   
Oberammegrau 
Após a visita ao Schloss Linderhof, reunimo-nos todos no autocarro e seguimos até à vila Oberammegrau, uma vila típica com casas com frescos pintados nas fachadas e onde podemos encontrar desde lojas banais que vemos no centro a outro tipo de lojas mais específicas, como uma loja toda em Madeira com uma série de bonecas e a imitar uma casa de bonecas em ponto grande, um local muito giro para tirar fotografias e para visitarmos. Por último e o momento mais aguardado do dia foi a visita ao Castelo de Neuschwenstein, um castelo que Ludwig II mandou construir e que infelizmente não ficou totalmente finalizado enquanto o rei era vivo. 
Alpes Bávaros 
O terceiro dia em Munique foi um dia bastante cansativo mas que valeu bem a pena. Acordámos bem cedo, ainda não eram 7h da manhã para estarmos prontos antes das 8h com o pequeno-almoço tomado na Haupt-banhof Central Station para apanharmos o autocarro com guia turístico até aos Royal Castles. Já tínhamos visto na internet esta excursão e decidimos comprar o bilhete no hotel, custou 51e mas se reservarem e pagarem online pagam 49e. A excursão é de um dia inteiro e pára em três locais diferentes, a primeira paragem é no Schloss Linderhof, segunda é numa vila muito gira Oberammegrau e a terceira e a paragem mais aguardada de todo o dia, o Schloss Neuschwenstein no meio dos Alpes Bávaros. 

Alpes Bávaros 

Jardins Schloss Lindenhof


Schloss Lindenhof

 A excursão dura cerca de 11h e há tempo para tirarmos fotografias, visitarmos os dois castelos e a vila e ainda tempo para almoçarmos. As entradas nos castelos não estão incluídas e custam 9e e 12e respectivamente com visita guiada às salas dos castelos. No caminho vamos sabendo algumas curiosidades e um pouco mais sobre a história e os antepassados que viveram nestes castelos, Ludwig II. Á medida que vamos ouvindo o guia vamos podendo ver uma paisagem maravilhosa no caminho, os Alpes Bávaros que são absolutamente maravilhosos - se estiver bom tempo como aconteceu connosco, ainda melhor. 

 Passamos em várias vilas até chegarmos ao primeiro palácio, Schloss Linderhof, um palácio que teve como inspiração base o palácio de Versailles em França. Como dá para ver nas fotografias é um palácio bem mais pequeno do que o de Versailles (para mim o palácio mais bonito da história), tem um jardim super giro com fontes e flores bem coloridas e onde podemos tirar algumas fotografias e aproveitar para admirar a arquitectura do palácio. Perto do mesmo há ainda umas lojas de souvenirs e de snacks onde podemos parar para comer qualquer coisa ou comprarmos uma lembrança. 



Parque Olímpico
Depois do almoço na BMW acabámos por passar a tarde no parque olímpico, um parque muito extenso com um lago e com imensos caminhos por onde passear e para descobrirmos, estava um dia fantástico e por isso mesmo não nos ficámos por aqui e decidimos ir até à Leopoldstrasse, uma avenida que vai dar ao Arco do Triunfo de Munique e a estátua Walking Men

Parque Olímpico

Walking Men 
Leopoldstrasse 
Arco do Triunfo


Após passarmos o Arco do Triunfo entramos na zona das Universidades uma Avenida enorme onde vemos milhares e milhares de bicicletas sempre a passar por nós e estacionadas nas ruas. Há uma série de praças e de esplanadas nesta avenida e é de facto um passeio muito giro de se fazer a pé.  

Hofgarten

Hofgarten

Hofgarten

Hofgarten

Hofgarten

Residenzstrasse

Continuamos o nosso passeio avenida abaixo e demos um passeio pelo Hofgarten, um jardim público muito bonito perto da Residenz de Munique e entrámos na Residenzstrasse, uma rua com mais movimento, com lojas de grandes marcas como a Prada, Tiffany's, Chloé, Louis Vuitton entre muitas outras. Percorremos a rua e os arredores e fomos direitos à Marienplatz, a praça central da cidade sempre cheia de movimento, muita animação e sempre com coisas para ver. 

Marienplatz

Nesta praça é onde podemos encontrar a torre do relógio de que vos falei no primeiro dia, podemos ainda encontrar várias lojas conhecidas como a H&M (há uma só de homens e outra só de mulheres), a ZARA, a Pimkie, entre outras lojas como a Douglas ou vários armazéns do género do El Corte Inglés. Nesta praça há ainda vários locais onde podemos comer qualquer coisa para matar a fome, chegámos já perto da hora de jantar e acabámos por comer por lá. 

Foi um dia muito cansativo, andámos bastantes km mas foi um dia muito bem passado, cheio de boas recordações. Munique é de facto uma cidade muito bonita e com imensas coisas para serem exploradas. 
O segundo dia em Munique foi um dia em cheio, começámos bem cedo. Por volta das 8h da manhã já estávamos prontos para tomar o pequeno-almoço fantástico do Hotel Europa, onde ficámos. Um pequeno-almoço bem recheado de coisas boas e saudáveis - muita fruta, vários tipos de iogurtes, cereais, vários tipos de pão, uma mesa com pratos quentes como ovos mexidos por exemplo entre muitas outras coisas. 
 
BMW 

BMW
BMW
Rumámos até à Karlsplatz através doeléctrico  que passa mesmo perto do nosso hotel e na praça apanhámos o metro até à Olympiazentrum, saída para visitarmos o parque olimpico e a BMW. Perto das 11h começámos a nossa Premium Tour pela BMW, tivemos oportunidade de visitar o museu, a loja e ainda a fábrica. Foi sem duvida uma experiência fantástica conhecer toda a história da marca, conhecer alguns modelos, perceber como é que os carros são feitos e acompanhar a produção dos mesmos, desde o seu inicio peça a peça até aos testes finais e vê-los prontos e novinhos em folha a saírem directamente da fábrica. 








Segundo o nosso guia durante a visita a BMW começou por fabricar aviões mas com o final primeira guerra mundial tiveram de se virar para as motas e posteriormente para os carros a partir de 1950. Foi uma experiência única ver os carros a serem produzidos, acompanhámos a produção de um série 3 desde as suas primeiras peças, à pintura do carro, à montagem dos bancos e das peças finais. Tivemos ainda uma informação bastante curiosa sobre o fabrico de um carro BMW, demora cerca de 40h a ser produzido desde as primeiras peças a serem testadas e a serem analisadas até à montagem e aos testes finais.


Mundo BMW 
Museu BMW
Acabámos por almoçar pelo mundo BMW há uma série de restaurantes e cafés diferentes com serviço self-service ou à la carte. Depois do almoço ainda voltámos ao museu para tirarmos mais algumas fotografias e vermos mais alguns carros com mais calma. Foi sem dúvida uma experiência fantástica e um dos pontos mais altos da viagem, adorei conhecer toda a história da marca, perceber a sua evolução e ver quais os planos para o futuro. Sem dúvida alguma uma paragem obrigatória

palácio de Nymphenburg  
Como marcámos o avião para chegarmos logo de manhã, decidimos aproveitar o dia. Depois de termos passado pelo hotel para fazer o check-in e deixar tudo, arrumar as malas e mudarmos de roupa (estava um calor que não se aguentava), partimos à descoberta e começámos por ir explorar o primeiro palácio, seguido da praça principal, o Virktualmarket entre muitas coisas.  

palácio de Nymphenburg 
Depois de deixarmos as coisas no quarto e de fazermos o check-in rumámos até à Karlsplatz mais uma vez para darmos início à verdadeira aventura. Acabámos por almoçar por lá e decidimos ir visitar logo o palácio de Nymphenburg e os seus jardins maravilhosos - para chegarmos apanhámos o eléctrico 17 na Karlsplatz que tem saída directa no Schloss Nymphenburg. A entrada para vermos os aposentos do palácio são cerca de 6e e os jardins são gratuitos, são uns jardins imensos muito bem cuidados e com fontes e um lago muito ao estilo do palácio de Versailles em França. O palácio vale mesmo a pena visitar, os aposentos, as salas e os salões são do estilo Barroco e Rococó e acabam por ser sempre interessantes de ver onde é que a nobreza vivera, algumas salas estavam fechadas ao público porque estavam a ser restauradas e por isso mesmo não tivemos acesso a todas, mas tivemos acesso a uma grande parte delas. O átrio principal é maravilhoso, cheio de luz e com uns lustres lindos que dão um ar ainda mais imponente a rematar com as paredes todas decoradas e cheias de quadros e pinturas. Demos uma volta pelos jardins, estava um dia maravilhoso e andámos a explorar os jardins do palácio a aproveitar o bom tempo.

palácio de Nymphenburg 
entrada do palácio

palácio de Nymphenburg

jardins do palácio



Ao visitarmos o palácio temos uma sala com cacifos gratuitos onde podemos deixar as malas e as mochilas para vermos o palácio e os aposentos mais à vontade bem como os jardins. No final da visita tivemos ainda oportunidade de visitar a loja de souvenirs do palácio com uma série de coisas giras e diferentes.

a caminho da Marienplatz




Depois disto, decidimos voltar para Karlsplatz apanhando de novo o eléctrico 17 e andámos a explorar a zona central da cidade de Munique, Marienplatz e o Virktualmarket. A zona central de Munique é uma zona comercial, podemos encontrar grandes armazéns e centros comerciais com acesso para estas praças principais, encontramos desde lojas locais a outras grandes marcas como a ZARA, a H&M, a Pimkie entre muitas outras.


Virktualmarket

Virktualmarket

Um dos locais que mais gostei de visitar neste dia foi o Virktualmarket, uma zona que só vende produtos alimentares, uma espécie de mercado super bem arranjado e onde podemos provar algumas especialidades da cidade. Vimos ainda muitas bancas a venderem sumos de fruta e acabámos por experimentar beber um (custam cerca de 2.50e cada e sao deliciosos, neste dia que estava calor acabou por nos saber ainda melhor). Á vinda para cá e ao passarmos de novo na Marienplatz tivemos a oportunidade de ver a torre do relógio que nos presentear com os bonequinhos a dançar enquanto a torre dava as suas badaladas, uma experiência também muito gira de se ver - muito à semelhança da torre do relógio de Praga. 


Marienplatz

Marienplatz

Ao longo das ruas de Munique vimos várias vezes bancas a venderem fruta, com imensa variedade e sempre com muito bom aspecto, não apenas no Virktualmarket mas também ao longo de todas as ruas perto do centro da cidade. Ainda um aspecto que nos deixou espantados foi o facto de nas saídas de metro e das linhas de comboio haver todo um mundo subterrâneo muito civilizado, as pessoas quase não passam em passadeiras na rua, mas sim por passagens subterraneas que se tornam em pequenos grandes núcleos comerciais com lojas bem conhecidas como a The Body Shop e com cadeias de restauração como o Starbucks por exemplo. Para primeiro dia, foram umas óptimas primeiras impressões e fartámo-nos de andar, estamos ansiosos pelo segundo dia. 

Quanto ao look que estava a usar neste dia:
Top Blanco SS13
Calções ZARA SS13
Loafers Graceland
Colar Plush Pearl Jewerly
Sunnies Mango
Relógio One Watch Company
Pulseira Matilda

Blogger Template Created by pipdig