27/03/2019

Chasing Butterflies

Deixem-me contar-vos uma história! Desde pequena que tenho uma ligação muito forte com a natureza e com o ar livre. Esta minha adoração pelo sol vai muito para além de uma simples paixão pelo sol. Cresci sempre ao ar livre, a brincar no jardim, a correr atrás do meu pai, a saltar para o colo da minha avó ou a fazer desenhos deitada na relva com a minha mãe. 





Adorava fazer piqueniques com a minha família, correr atrás de borboletas ou fazer as festas de aniversário no jardim da casa da minha tia-avó para poder brincar com os meus amigos no meu baloiço da árvore ou junto ao campo das flores amarelas. As noites eram passadas nesse mesmo jardim ou a apanhar pirilampos ou deitada na relva a admirar as estrelas e a lua com o meu pai. Acho que todos os momentos que me marcaram ao longo do meu percurso e até aos dias de hoje têm um jardim associado, desde o jardim onde cresci ao jardim onde comecei a descobri quem era, a entrar na adolescência e que hoje revisito. 

Há dois sítios que me trazem uma paz imensa onde gosto de estar sempre que preciso de parar, a praia e o jardim. É aqui que gosto sempre de voltar sempre que preciso de me reencontrar, sempre que preciso de pensar, de me inspirar ou de reviver alguns momentos que por vezes sinto falta. Não gosto de viver presa ao passado, nada disso, mas gosto de voltar a lugares que me trazem boas memórias e que me dão paz - afinal de contas não há nada melhor do que voltar a um jardim que conhecemos como a palma da nossa mão. E isto é o que é natural para mim.








Acredito que todos nós temos lugares assim e a Pandora fez-me reviver isso mesmo com esta colecção Garden, uma colecção romântica cheia de detalhes bonitos, inspirados na natureza e neste universo com o qual tenho uma ligação tão especial. E o desafio é mesmo este, muito mais do que uma simples colecção de jóias, a Pandora tem este poder mágico de conseguir contar uma história em tudo o que faz - desde as várias contas que podemos ter na nossa pulseira, à colecção com a Disney que nos transporta para a magia da nossa infância ou a esta colecção que nos remete para aquilo que é natural para nós e para as boas memórias - quem nunca andou a correr atrás de borboletas? 

Apesar de ter crescido (um pouco, não muito!) a vontade de perseguir borboletas continua e a verdade é que se são estas pequenas coisas que me transportam para outro universo. O universo que é natural para mim. 
__
in a collab with Pandora

SHARE:

Sem comentários

Enviar um comentário

Blogger Template Created by pipdig