15/11/2016

ROAD TO BE A MASTER # YOUR GUIDE TO

guideto.png


 


Nas últimas semanas tenho recebido muitas mensagens e e-mails com perguntas sobre o meu mestrado e especialmente, sobre a minha tese. Muitos dos e-mails e mensagens são essencialmente a pedir dicas e ajuda nos primeiros meses de preparação para a tese e por isso mesmo, decidi fazer um guia com algumas dicas e sugestões que me ajudaram e que me guiaram ao longo deste último ano. Neste caso é aplicado à tese, mas podem usar algumas dicas para outros trabalhos e pontos importantes em que precisem de ajuda ou de guidelines.


Não é um caminho fácil, isso é certo. É preciso tempo, organização e muita paixão por um determinado tópico porque é nele que vamos estar a trabalhar meses e meses a fio. Por aqui o tema é o luxo, não vos posso desvendar muito mais, mas em breve poderão ter a oportunidade de participar um pouco na minha tese que me tem deixado super empolgada e entusiasmada, especialmente com os passos que se seguem. Para quem está no mesmo "barco" que eu, deixo-vos algumas dicas para esta fase de estudo, pesquisa e para que não percam a motivação


 

 


 

Como é que devem escolher um tema, como é que decidimos que tópico vamos desenvolver? Sem dúvida que foi o passo mais difícil até aqui e hoje deixo-vos 8 sugestões.

 

brainstorming

Antes de nos dedicarmos a um tema especifico e de o escolhermos, há que pensar numa série de coisas antes. O truque para encontrarem temas que gostariam de estudar, ou tópicos é fazerem um brainstorming de tudo o que gostam, desde as coisas mais gerais às mais especificas. Peguem numa folha, num lápis ou numa caneta e comecem a escrever palavras ou frases soltas de coisas que gostam, temas que gostariam de aprofundar mais a nível pessoal e de tópicos pelos quais têm particular interesse, no meu caso por exemplo resultaram coisas como: alimentação infantil, city marketingluxury managementsocial media, persuasão infantil entre muitas coisas.

 

what you love the most

para escolherem o tema podem sempre pensar na área de que mais gostam, podem não fazer o brainstorming se já tiverem uma ideia do que realmente gostam. O brainstorming aqui pode ajudar a aprofundar mais a questão de um determinado tópico. Pensem que tem de ser algo de que realmente gostam porque vão trabalhar esse tema até à exaustão, aprofundar até não poderem mais, pesquisar, pesquisar, pesquisar e por isso tem de ser algo que vos motive.

 

research time

Outro passo fundamental é percebermos se realmente vamos conseguir encontrar a informação que queremos. Apesar de todas as facilidades de hoje em dia, uma tese acaba por ser sempre algo muito específico e é bom que o seja para que seja mais eficaz e para que se consigam focar. Precisam de procurar antes a facilidade de acesso a algumas informações, a revisão de literatura que possa estar relacionada com o vosso tópico de pesquisa entre muitas outras coisas que podem determinar todo o processo da escrita da tese. 

 

do geral para o particular

Quando forem fazer a pesquisa, para vos ajudar na pesquisa de materiais para a tese optem por um método que é muito falado no meio académico, a relevance tree. Funciona como uma espécie de brainstorming e vai ajudar-vos a organizarem todas as informações que precisam do geral para temas mais específicos. Comecem com o tema, mais geral por exemplo Comportamento do Consumidor e depois temas mais específicos como por exemplo comportamento de compra >> compras impulsivas >> a influência do humor. Este método acaba por nos ajudar a organizar toda a informação, sabendo assim que vamos procurar papers e outros artigos para cada um destes temas e depois possamos juntar tudo e relacionar a informação de uma forma mais organizada e correcta. 

 

estabelecer horários e datas

Muitas vezes acabamos por nos perder no tempo, acabamos por perder demasiado tempo em determinadas fases da tese e acabamos por fazer outras mais à pressa. Para evitar que isto aconteça estabeleçam desde o início um horário e deadlines para que possam organizar tudo com tempo e façam tudo como deve ser. Sempre fui uma pessoa muito organizada neste aspecto e como faço mil e uma coisas ao mesmo tempo é super importante arranjar disciplina e organização. Se trabalham ao mesmo tempo que estudam, os dias de semana são sempre cansativos e nem sempre dão para trabalharmos na tese, por isso temos de fazer alguns sacrifícios e tirar os nossos fins-de-semana para trabalharmos na tese. Se se organizarem e fizerem tudo com tempo, torna-se mais fácil e há tempo para tudo. 

 

tempos livres

para respirar! Sim também é preciso! Precisamos de tempo livre com as amigas, o namorado e família para tirarmos a cabeça da tese e de tudo à nossa volta. Respirarmos e fazermos outras coisas nos tempos livres para que possamos ganhar outra motivação e gosto quando for tempo de escrever a tese. Além do mais o facto de sairmos dos livros e de descontrairmos vai aliviar o stress e fazer com que mais facilmente consigamos trabalhar correctamente, interligar temas, situações ou teorias por exemplo que à partida poderíamos achar que não estariam ligadas. Desligar para que possamos pensar melhor, é essa a ideia. 

 

revisão

Uma das coisas que gosto de fazer é pedir a amigos e à família para lerem algumas coisas do trabalho que tenho feito, pedir opinião e perceber se está a ficar clara ou não a minha ideia. Isto ajuda com que possamos facilmente alterar as coisas de forma a que não seja tão confuso. Aquilo que para nós pode ser obvio, poderá não ser para quem nos rodeia e desta forma conseguimos perceber como é que podemos melhorar. 

 

orientação

para além da ajuda da família e dos amigos a escrita de uma tese de mestrado envolve termos um orientador de mestrado que nos vai dando algumas ajudas durante todo o processo. É muito importante irem marcando algumas reuniões fazendo o ponto da situação, enviando o trabalho que têm feito até então, traçar os próximos passos e discutirem ideias. Os orientadores são fundamentais em todo o processo, escolham alguém com quem tenham uma empatia e acima de tudo que perceba do tema em questão para que vos possa orientar da melhor maneira. 

 


 

Acima de tudo pensem que todo este esforço vai valer a pena. Além do mais, se escolherem um tópico que realmente gostam e numa área sobre a qual gostariam de trabalhar no futuro, melhor ainda e torna-se tudo muito mais fácil. Let's do this!

 


 



 

SHARE:

2 comentários

  1. Por aqui a vibe é a mesma, entre preparar a apresentação e combater os nervos que começam a surgir... É de facto um caminho tortuoso e com mais baixos do que altos, mas no final vale a pena todo o esforço!Um beijinho e boa sorte para a defesa :*

    ResponderEliminar
  2. Aiii tenho um estojo igual :)))! Adoro o teu blog ! Das sempre excelentes dicas . Beijinhos e continua *

    ResponderEliminar

Blogger Template Created by pipdig