19/09/2016

CÔTE D'AZUR # A SABER

Photo 11-09-16, 11 14 54.jpg


 


E estou de volta de uns dias absolutamente maravilhosos pela Riviera Francesa. Sem dúvida que sabe sempre bem ir mas sabe muito bem voltar. Ao longo destes dias fui partilhando no instagram alguns dos melhores momentos e dos locais pelos quais passei nesta road trip pela Côte D'Azur, infelizmente não consegui partilhar tantos snaps quanto gostaria por causa da internet mas em breve tenho um video com alguns dos melhores momentos, o roteiro inteirinho por dias e com tudo o que têm de saber sobre a Riviera Francesa. 


 



 


# A CÔTE D'AZUR


A Côte D'Azur, ou Riviera Francesa como é conhecida é o nome dado a toda a parte litorial do sul de França no mar Mediterrâneo, que vai desde Toulon a Menton (fronteira com Itália e um dos lugares que não podem MESMO perder). É uma das zonas mais emblemáticas da Europa, até porque engloba muitos lugares que marcaram a história da Humanidade, desde a Grande Corniche onde faleceu Grace Kelly, ao Monaco que reserva uma história digna de um conto de fadas ou até mesmo os lugares como Cannes que todos os anos recebe o Festival de Cinema, Eden Roc por onde passou a familia Kennedy entre muitas outras coisas que tornaram esta zona conhecida a nivel mundial, cheia de glamour, de história e de encanto e que ainda hoje se mantém. 


 


Da Côte D'Azur fazem parte: Antibes, Brignoles, Cagnes-sur-Mer, Cap Benat, Cap d'Antibes, Cap Lardier, Cotignac, Fréjus, Grasse, Grimaud, Île du Levant, Île d'Hyères, Juan-les-Pins, Menton, Monaco, Nice, Ollioules, Saint-Jean-Cap Ferrat, Saint-Tropez, Saorge, Toulon e Villefranche-sur-Mer. 


 


002.jpg


 


 


# QUANDO IR


O verão na Côte D'Azur é sempre a altura mais movimentada, a altura perfeita para se visitar é sem dúvida o final das épocas altas como meados de setembro ou antes mesmo de começar toda esta loucura das praias e das viagens. Eu gosto especialmente do mês de setembro que ainda está bom tempo, o clima é bem convidativo ainda a uns mergulhos no mediterrâneo e já está mais calmo. 


 


# COMO CHEGAR


Já fiz várias vezes Lisboa-Cannes de carro quando era mais pequena, com uma paragem por Espanha para dormir mas desta vez fizemos Lisboa-Nice de avião, fomos pela TAP que voa directamente para Nice. Tinhamos reservado um carro na Europcar antes de ir, mas tivemos um problema com o aluguer do carro e acabámos por ter de alugar numa outra companhia local só em Cannes que acabou por ser mais vantajoso e o serviço foi mesmo cinco estrelas - carro com GPS, automático, pequenino e fácil de conduzir, poupadinho e que nos permitiu ver tudo o que tinhamos planeado. Alugámos na  MyRenting ao lado do Carlton. Mas podem alugar directamente no aeroporto de Nice em várias companhias de car rental ou em Cannes como nós fizemos. Se preferirem alugar no centro de Cannes, têm um bus que vos leva directamente do aeroporto de Nice para o centro de Cannes e que custa 22€ por pessoa.


 


 


# ONDE FICAR


Nós decidimos ficar hospedados em Cannes, alugámos um carro numa empresa local e acabou por ser o nosso ponto de partida para todas as nossas trips pela Riviera Francesa. Deicidpos optar por ficar  hospedados num aparthotel, Le Masséna  que acaba por ser mais prático com algumas refeições, especialmente em alguns dias onde fazíamos mais km e nem sempre queríamos ir jantar fora acabou por se tornar mais cómodo comer qualquer coisa mais rápida e prática em casa. Mas Cannes está cheia de residenciais, hóteis pequeninos e outros luxuosos por onde escolher, há um pouco de tudo para todos os gostos. Algumas das sugestões para reservarem hóteis ou apartamentos são o Booking, airbnb ou o Home Away


 


003.jpg


 


# COMO e O QUE VISITAR


Se eu tivesse de escolher o meu top 4 desta viagem seria: Cannes, Monaco, St Tropez e Menton sem dúvida alguma. Daqui já conhecia as três primeiras e fiquei a conhecer Menton que faz fronteira com Italia. Fiquei apaixonada por esta zona, com muitas influencias italianas e uma zona muito típica, quente e gira para se explorar e para se passar uns dias super agradáveis. Mas sem dúvida alguma que os lugares que tem de visitar para além deste top 4 são Mougins, Grasse, Saint Paul de Vence, Port Grimaud, Villefranche-sur-Mer, Antibes. Se tiverem tempo um passeio pela Promenade de Nice que é igualmente bonito. Nesta zona o melhor mesmo é alugar um carro ou uma mota para se poder explorar toda a Riviera como deve ser, vale muito a pena fazer esta road trip. 


 


# O QUE COMER


Ratatouille, ratatouille, ratatouille e mais ratatouille! Yeah! Fiquei absolutamente apaixonada por ratatouille, mas obviamente que podemos comer muitas outras coisas deliciosas nesta zona. Na zona do sul de frança encontramos muitas influencias italianas pelo que será bastante comum encontrarem restaurantes à base de massas e pizzas. Outra coisa muito tipica por aqui são as crêperies, crepes doces ou salgados, vale tudo e vale bem a pena, ou então para um jantar mais overpriced o marisco e sole au munière que é delicioso.  Quanto a doces e pastelaria, a pastelaria francesa é conhecida pelos seus maravilhosos e incriveis bolos e bolinhos, pelos croissants, que não precisam de ser escolhidos a dedo e que comemos em qualquer boulangerie de rua e que são deliciosos. Não esquecer ainda os macarons e petit gateaux  - os favoritos são os da Ladurée e do Lenôtre. 


 


 


004.jpg


 


 


 


# O QUE NÃO PODEM PERDER


Sem dúvida alguma que se quiserem fazer uma extravagância que valha a pena é um pequeno-almoço no Intercontinental Carlton, em Cannes. Fica bem no centro da Croisette onde tudo acontece. Um pequeno-almoço buffet de hotel que pode ser reservado mesmo se não estiverem hospedados no hotel. Digno de verdadeiros reis e rainhas com vista para as praias da Croisette e para o desfile de carros que passam a todos os minutos por ali. 


 


Se visitarem o Monaco não podem mesmo deixar de fazer o caminho pela Grande Corniche, provavelmente uma das paisagens mais incriveis que vi na vida e uma experiência absolutamente única. Outra coisa que não podem mesmo perder é um mergulho em Eden Roc, que mergulham em pleno Mediterrâneo. Um café no Café de Paris em frente ao Casino de Monte-Carlo é a paragem obrigatória para verem desfilar grandes carros desde Maseratis, Ferraris, Rolls Royces entre muitos outros. São demasiados carros juntos em tão poucos metros quadrados. Port Grimaud é um dos locais mais calmos e giros para se visitar, uma espécie de little Venice da Riviera Francesa e perfeito para uma manhã mais tranquila. Depois da parte da tarde a azáfama e o glamour de Saint Tropez com direito a um lanche no Dior Des Lices, um restaurante-bar bem chique e ao estilo Dior. Estas são algumas das coisas que não podem mesmo perder na Riviera nem deixar de fazer, mas em breve dou-vos os detalhes todos de cada um dos locais e de como organizei a minha viagem. 


 


 










   

SHARE:

4 comentários

  1. Imagens lindas ♥Adoro esse teu vestido!É verdade, muitos parabéns pela merecida nomeação! Vou lá votar todos os dias :D ♥Beijinho*http://www.style2beauty.com/

    ResponderEliminar
  2. Decididamente, um dos meus destinos de sonho.Adorei as dicas, Ju, sobretudo vindas de quem conhece a Côte d'Azur como a palma da mão. ♥lefashionaire.com

    ResponderEliminar
  3. Joana, que post perfeito! Vi que há voos pela easyjet, para Nice. Achas que compensa? É seguro? E em vez de alugar um carro, conseguimos visitar as outras cidades de comboio. Achas que compensa? Vi que fica tudo a mais ou menos 35min, 40min. Aguardo resposta!! Beijinho*

    ResponderEliminar

Blogger Template Created by pipdig